Prece ao Divino Guru

Quarta, 25 Setembro 2013 14:15 | Escrito por 

Reverência a Ti, Mestre, amigo do mundo oprimido, oceano de compaixão. Salva-me porque estou afundado no mar da vida. Dirige para mim o Teu olhar firme, do qual se irradia retitude e compaixão, porque estou queimado pelo fogo ardente da vida passional, difícil de extinguir. Sou impelido para lá e para cá pelo destino adverso, e encontro-me cheio de medo. Venho a Ti em busca de refúgio.

Salva-me da morte porque nenhuma salvação conheço. Os poderosos seres que atingiram a paz vivem na retidão, trazendo vida ao mundo com a primavera que se aproxima. Eles, que há seu tempo, atravessaram o terrível mar da vida passional, auxiliam os outros a transpô-lo, com uma compaixão que não pede retribuição. É da essência desses seres, de alma poderosa, dedicados por curar as tristezas alheias, tal como a lua de raios nacarados refresca a terra abrasada pelo fogo terrível do Sol.

Derrama sobre mim as Tuas palavras de vida imortal, que trazem a felicidade dos ensinamentos sagrados, à proporção que saem do vaso de Tua voz clara, estimulante, purificadora, inspirada por Tua própria experiência na essência gozosa do Eterno.

Mestre, estou consumido pelas chamas ardentes, pelo calor abrasador desta vida passional! Felizes aqueles sobre os quais descansa, mesmo por um momento, o Teu bondoso olhar! Tornam-se, por eles mesmos, aceitos e passam a pertencer a Ti. Como poderei eu atravessar este oceano da vida passional? Que caminho há para mim? Qual o meio de salvação? Não conheço nenhum. Abriga-me, Mestre, na Tua compaixão. Salva-me da dor e da destruição desta vida assediada pela morte.

Asmat Gurubio Namaha
Glória ao anjo de minha guarda.
Namastê
OM OM OM

Ler 32595 vezes Última modificação em Quarta, 25 Setembro 2013 18:38