Ecos da Síntese

Ecos da Síntese

Estes textos fazem parte de um programa de referências bibliográficas para reflexão editadas pela Grande Síntese.  Este programa tem como objetivo proporcionar ao buscador estudioso oportunidades frequentes que o auxiliem em suas investigações sobre o SER e os meios que facilitam o desenvolvimento gradual do Auto-conhecimento necessário para se alcançar a Finalidade da Vida, qual seja o reencontro consigo mesmo, a Auto-Realização ou Grande Síntese.

São muitas e de diversas ordens as experiências que os seres humanos sofrem em sua trajetória mortal transitória.

O propósito das experiências na trajetória da vida não é meramente experienciar o prazer ou o sofrimento em si mesmos, e sim extrair de sua vivência a essência da compreensão desta existência transitória, gerando assim um poderoso discernimento à respeito da verdadeira importância da existência.1

Quinta, 17 Outubro 2013 09:39

Quem é NARAYANA

QUEM É NARAYANA?
QUEM SÃO OS AVATARES?

Na Ciência religiosa da SUDDHA DHARMA MANDALAM ensina-se sobre a existência de um Excelso Ser denominado SRI BHAGAVAN NARAYANA que, conjuntamente com uma plêiade de grandes mestres, Siddhas e yogues que vivem em diferentes planos de matéria, dirige a evolução total de todos os seres existentes nos vários reinos da natureza. Este Excelso Ser é quem envia ao plano deste mundo terrestre os Avatares, tais como foram: Rama, Krishna, Buda, Jesus e outros.

Terça, 08 Outubro 2013 20:36

Donativo de Gratidão

Temos observado o grande esforço para se criar recursos que garantam a manutenção, ampliação e crescimento do trabalho desta instituição. E diante da pequena fonte de renda que a mantém, é quase impossível não pararmos para refletir sobre o seu futuro e sua descontinuidade.
A quem mais o universo faria este convite, este chamado de co-responsabilidade, senão a nós? Somos frequentadores e beneficiados, ligados direta ou indiretamente a este grande objetivo que é o de facilitar a aproximação com a nossa essência divina, através da auto transformação de cada um, e em consequência, do mundo ao nosso paraíso tão próximo que é a Fazenda Mãe Natureza. Esse lugar precisa ser amado e preservado por nós, que somos acolhidos por ela, ainda que por pouco tempo, exaustos deste mundo, e que aqui trocamos nossas energias e sentimos fluir novos sentimentos de alegria tranquilidade e paz. É necessário que nos empenhemos com todas as nossas forças na concretização deste grande ideal. Desta forma, sentimo-nos impelidos a pensar acerca de ofertas e fidelidade com o costume maravilhoso e enriquecedor para nossas vidas, chamado "Donativo de Gratidão".

Terça, 08 Outubro 2013 19:05

A Civilização da Síntese

O mundo está no limiar de uma futura grande civilização - a civilização da SÍNTESE. A separatividade egoísta que foi ensinada no passado e impregnou todas as rotas da vida, está começando a ser demolida.

Este escrito encantará a todos aqueles que acreditam na Síntese, oferecendo-lhes ajuda para sincronizarem-se na diversificada natureza de si próprio e também em seu relacionamento com os outros, e servirá como uma introdução para a Síntese em geral.
A seleta base desta profunda Síntese é a DIVINDADE; que não é nem meramente com forma, nem simplesmente imanente, nem somente transcendente mas é de fato, as três simultaneamente (AUM) e não obstante inconcebível. OM.
O processo de formulação das diversas correntes de crenças baseadas apenas em verdades parciais e humanas está colhendo agora os resultados das armadilhas destas meias-verdades.

“No princípio era o Verbo e o Verbo era Deus, e o Verbo estava com Deus”. Isto disse a declaração bíblica de São João. Esta frase enunciada na Bíblia e que não aparece explicada é OM, tal como se expressam as escrituras sagradas na Índia. Se nos tem dito que esta palavra OM representa o PARA-BRAHMA o absoluto.

Se tem estabelecido que o PARA-BRAHMA possui dois estados diferentes; um deles, o superior ou Sintético, o qual não é possível explicar mediante a palavra falada e este PARA-BRAHMA que é o absoluto, cada pessoa tem que alcançar mediante esforços próprio e individual.

O outro estado de PARA-BRAHMA que é inferior, é o analítico e constitui a base de toda manifestação no mundo. Isto é o que na Bíblia significa ao referir-se ao Verbo segundo o que temos expressado. Assim, também, a totalidade de nossos conhecimentos, sejam estes quais forem, têm como base o OM, em seu aspecto analítico representado com as letras AUM.

«InícioAnt1234PróximoFim»
Página 2 de 4